Boteco do Beco: Prato do Dia: Onde anda a felicidade?

domingo, 18 de março de 2007

Prato do Dia: Onde anda a felicidade?


Olhando a chuva, essa foi a pergunta que me fiz hoje... "Onde anda a felicidade?"
Desde que cheguei aqui, tenho passado por algumas dificuldades de adaptação... Choque cultural, divergências de opinião, saudades da família, dos amigos, e o pior dos problemas: a carência!
Putz, leonino é o tipo de pessoa que não consegue viver sozinho.
Aqui eu me sinto sozinho... perdido... É como se eu fosse um cego dentro de um quarto escuro, procurando um gato preto que não tá lá dentro!

Tentei encontrar alguém aqui pra me fazer companhia (estou falando de uma menina, se é que vcs me entendem), mas diferente do que eu imaginei, a primeira, depois de um tempinho que estavamos ficando, até então eu achando que estava tudo bem, chega e diz q não vai dar mais pra gente ficar e rompe sem maiores explicações... Só disse que não queria se envolver!
Então tá, né...

=/

Fiquei um tempo mendigando carinho pelos becos, até encontrar outra menina...
Pensei: "agora vai", mas... não foi tmb!
A história quase se repetiu: "não estou a fim de compromisso sério"...

?????

Porra... não consigo entender... Oq eu tenho de errado? Será que não sou o bastante? Será q sou feio? Será q sou pobre? Será q sou chato? Será q tenho cara de canalha????

Quero encontrar alguém que eu possa me apaixonar sem medos, que eu possa expressar meus sentimentos, mandar flores, comemorar datas, jantar juntos...
Alguém que espere minha ligação e que sorria ao ouvir minha voz... Alguém que faça meu coração bater acelerado quando eu a ver, alguém que me faça sentir saudades se ficar distante...
Alguém que me acompanhe num banho de chuva e que fique sábado a noite em casa comigo, com um vinho, um edredon e um filmezinho na TV...
Dormir de conchinha... abracadinho...

=/

Amigos aqui, só alguns poucos... Não gosto de amigos de aparência ou amigos de "status"! Sabe aquele lance de vc ser "amigo" por interesse? Aqui tem de quilo!
Amigos verdadeiros que gostam de vc pelo que vc é, e não pelo que vc tem é difícil achar em qualquer lugar! Ô raça em extinção!

Ai hoje eu me encontro aqui, num domingo chuvoso, na frente do computador, nerdeando!
Sem amigos, sem uma garota, sem nada pra fazer e sem perspectiva de melhora.

Não, não vou cortar os pulsos após terminar o texto. Vou procurar no porão do meu sentimento um fiapo de ânimo pra tentar correr atrás da mudança...
Agora pouco, olhando um outro blog vi uma frase assim:
"A felicidade se acha em horinhas de descuido..."

Será essa a resposta pra minha dúvida?

2 comentários:

colega de algumas horas atrás... disse...

Oi. Acredito poder compreender o que se passou contigo. Já faz algum tempo que isso aconteceu com você e... as coisas podem ter mudado bastante. Mas vamos tentar.

Algo parecido aconteceu comigo. Primeiro relacionamento, "criança" feliz que sonhava com seu príncipe, e nada disso acontecia. Era uma mera ilusão que só acontece em quadrinhos, em livros de histórias infantis.
Mas o cara tbm era poético, apenas não usava suas poesias com tanta freqüência. Apenas quando havia uma correspondência que partia de mim.
Os sonhos foram se frustrando, a criança começou a crescer e ver que as coisas não teriam que ser assim. Terminou-se então.
Tempos se passaram, dias agoniantes até chegar o momento de ter um descanço. Dias melhores chegaram e encontrei alguém + ou - do jeito q vc gostaria de ter. Mas eu não pedi, não procurei, não me desesperei (não que vc esteja assim). Mas a vida me deu de bandeja! ("obrigada!")

E a felicidade, os dias melhores, só puderam ser encontrados quando eu menos esperava.


Desculpe pelo texto

Miria disse...

Sim, vc tem cara de canalha! =D
Vc não é feio, é lindo! Não é pobre, tem preguiça de ganhar dinheiro (tem bem menos hj!!!!) É chato quando quer... e Sim! Vc é mais que suficiente!!

Sabe aquele momento do texto de não querer se envolver, só curtir? Bem no momento que não procurava (e não queria) um amor... Vc chegou nele. Mas quer saber, vc me mostrou que já tinha sido suficiente esse tempo.
E não! Vc não está velho não! ^^'
E não, "A felicidade [não]se acha em horinhas de descuido...", ela vem no tempo certo, basta sabermos ver esse tempo.

Esse é o tempo.

Bjosss