Boteco do Beco: Prato de hoje: Agora eu sei onde anda a felicidade!

sábado, 24 de março de 2007

Prato de hoje: Agora eu sei onde anda a felicidade!


Há alguns dias atrás eu escrevi um texto me perguntando "Onde anda a felicidade?"... Achei uma possível resposta que dizia "A felicidade se acha em horinhas de descuido".
O tempo passou e eu acabei me esquecendo disso... E me esqueci também de procurar por onde andava a tal felicidade. Hoje assistindo um vídeo no Youtube parei para pensar um pouco e me lembrei do texto que tinha escrito... Foi como se por mágica, as respostas para as pergunta fossem surgindo diante dos meus olhos.
Descobri que não existe fórmula ou cálculos. Simplesmente descobri que estava buscando a felicidade nos lugares errados. Descobri que procurava pelas coisas erradas achando que era felicidade. Descobri que posso rodar o mundo atrás da felicidade, mas só vou encontrá-la quando eu olhar pra dentro de mim...
Olhar pra dentro de si.... Ah... Como é difícil olharmos para dentro de nós mesmos! Sabemos que sempre quando isso acontece, encontramos nossos fantasmas que insistem em nos assombrar, então preferimos não olhar. E ela fica ali, escondida e soterrada pelas emoções do dia-a-dia, pelos traumas e neuras, pela falta de compreensão.
Aqui em Jipa, passei dias procurando a felicidade nas pessoas, no dinheiro (que não tenho), nas prateleiras de supermercado, debaixo dos carros... sem me dar conta que a felicidade esteve o tempo todo comigo. Como eu disse em um texto anterior, "...E pelo caminho da vida, encontramos essa felicidade aos montes, mas nosso relógios, nossos aviões e nossas finanças nos gritam "Não há tempo a perder" e passamos correndo pela felicidade, sem notar que todo o tempo do mundo já foi perdido!"
Estava ai a resposta para toda minha dúvida! Bem na minha fuça, a um palmo diante dos meus olhos!!! Ai está a verdadeira felicidade: Sermos felizes com o que somos e não com o que temos, pois a verdadeira felicidade a gente só encontra quando nos esquecemos que vivemos num mundo de cão. Quando nos esquecemos das mágoas, do ódio, da inveja... E é justamente "nessas horinhas de descuido" em que a felicidade dá o ar da graça...
A felicidade nos faz sentir mais livres, como se caminhassemos por entre as núvens. Nos faz mais dignos, mais leves, mais otimistas. A felicidade nos faz ver além dos horizontes e acreditar que o sol sempre brilha após a tempestade. A felicidade, sim, essa mesmo que você carrega ai dentro de você, nos faz ver quão idiotas fomos em perder tempo com alegrias passageiras.
As vezes achamos que a felicidade está nas pessoas que cruzam nosso caminho. Achamos que se encontrarmos alguém que corresponda a todas as nossas expectativas, ai sim seremos felizes...
ERRADO!
Esse sentimento egoista de querer alguém que se encaixe nos nossos sonhos é utopico! É um amor platônico por ninguém. Procurar a felicidade nos oustros não nos faz crescer nem amadurecer, e é com o amadurecimento que ficamos mais sensíveis para as tão faladas "horinhas de descuido".

Podemos ESTAR felizes com outras pessoas ou com outras coisas, mas só SEREMOS felizes quando estivermos com nós mesmos. A felicidade sempre está a bater na nossa porta, cabe a nós abrir ou não.

P.S.: Terminando a frase de título, a felicidade sempre andou comigo! ^^

3 comentários:

Birigui disse...

e ai maluco, achei sem querer o seu blog, só fui ver q era seu depois q li algumas paradas, massa mesmo...

eu andava no vazio
procurando respostas
um dia me enchi de descobertas
e descobri
q eu é q andava vazio de perguntas

Anônimo disse...

oiii.... ´colaboraçãozinha: "HÁ UNS DIAS..." e não ' a uns dias ', e eu chegaria a sugerir : 'há alguns dias', que seria a frase gramaticalmente mais correta... Aceite como uma crítica construtiva... sou nova por aqui, mas estou adorando seus textos, gostaría de saber se vc aceita correções deste tipo.

Paulinho Biazi: disse...

Anônimo, bem vindo(a)!!! ^^

Correções são muito bem vindas!!!
Sempre que puder colaborar, eu agradecerei...

As críticas fazem parte do crescimento.

Abraços!