Boteco do Beco: Prato de Hoje: A vida não pára!

domingo, 29 de abril de 2007

Prato de Hoje: A vida não pára!


Pois eh... eu já disse anteriormente que a vida é muito curta, e que ela não espera que passemos nossos dias a limpo.
E volto a repetir: a vida é muito curta para ficarmos nos lamentando pelas perdas ou pelos fracassos. Não há nada melhor do que um dia após o outro e uma noite no meio pra separar os dois.
Perdeu a pessoa amada? Bola pra frente que logo ali vc encontra outra!
Perdeu a razão de viver? Bola pra frente pq amanhã vc vai acordar com 20 razões a mais.
Perdeu o rumo dos seus ideais? Bola pra frente pq nada melhor do que respirar ar puro pra colocar de novo as idéias em ordem.
O tempo é o senhor de todas as certezas e só ele cura as feridas. Como diz Cazuza, "...o tempo não pára..."
E de que vai nos adiantar abaixar a cabeça e ficar remoendo mágoas antigas? Ficar rastejando pelo chão imundo do nosso fracasso?
Não adianta de nada! De tudo que é ruim que nos acontece, devemos tirar proveito. Nada é desaproveitável! Podemos aprender muito com os erros e com as perdas.
Aprender a acertar na próxima, aprender a escolher melhor e aprender a lutar por nossos sonhos sem que deixemos o marasmo e o medo nos sufocar.
Enquanto isso, a vida vai passando, rápido demais!
É como se os dias fosse um único ônibus que passa sempre no mesmo horário por determinado ponto. Se vc não se apressar e chegar a tempo no ponto, o ônibus terá passado e vc ficará pra trás. O ônibus não vai esperar sua boa vontade, ou esperar que vc se recupere das suas quedas, ou então que vc arrume justificativa pelos seus erros!
Não!
Ele passa, impiedosamente! E deixa, sem remorço, quem não chegou a tempo!

É como eu digo: Hoje eu sou melhor que ontem e pior que amanhã!
A vida nos ensina isso: Um tombo não é só um tombo, mas é um aprender a caminhar.

Nada como um dia após o outro...

5 comentários:

Mariellen disse...

Realmente...o tempo não pára e as lamentações penas fazem que com que você perca mais e mais tempo!

Uma frase que serve muito é a que a minha mãe sempre diz..
"não adinata chorar pelo leito derramado".. só nos resta limpar o fogão e por pra ferver de novo!
(complemento inesperado!)

Bjo Paulinho!

Anônimo disse...

É verdade... O tempo não pára e se parasse iramos exigir um retorno contínuo. Cada vez q nasce o dia é um motivo de se preocupar e se corrigir pra não errar.
Mas é inevitável. Erramos sempre. No amor então... nem se fala!
Tantas tolices feitas, tantas tolices que permitimos que aconteça... Mas a vida continua, e temos que, de uma forma ou de outra, aprender com ela...

Como vc mesmo disse: "A vida é uma escola", basta a nós aprendermos a viver cada dia o seu instante.

Paz e mt rock!

Anônimo disse...

É engraçado como as palavras têm o poder de serem ambíguas. Desta forma acabam por maltratar mais ainda a quem gostamos.
Infelizmente "tem-se" o poder, ou a maldade, eu não sei, de escrever as coisas do jeito que vêm à mente e, assim, "acabam" por se expressar de forma ambígua e "voltam" a magoar o grande amigo ferido.

Embora em parte tenha sido, não foi tolice o q aconteceu. Então o q foi? Bom, foi uma tolice permitir q as coisas tenham acabado dakele jeito: evitando, ignorando e deixando de permanecer a amizade que estava pra nascer.

Nada mais.

Anônimo disse...

Meu lema é:

Viver cada segundo como nunca mais!!

bjoss xuxu

^^

Anônimo disse...

Atualizaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa né??


bjimmm


=*